sábado, 26 de maio de 2012

sorry

Esta semana:

- bebi vinho
- fiz de prostituta
- escrevi uma peça de teatro sobre sexualidade
- representei
- actuei num espetáculo do quim roscas e do zeca estacionâncio
- usei meias de liga
- tenho as pernas cheias de negras
- não almocei nem jantei em casa uma única vez
- não tive tempo nem para estudar nem para vi cá...

domingo, 20 de maio de 2012

Os Saltimbancos













Sorry

Desculpem não ter vindo aqui mas tenho uma desculpa! Tive o musical "os saltimbancos", em cena ontem no teatro sá de miranda, e então andei a semana toda a correr de um lado para o outro! A estreia ontem correu muito bem, bem melhor do que eu esperava! Esta semana não vou ter muito tempo para vir aqui na mesma, porque sexta tenho duas actuações... Estou tão cansada, mas sinto-me feliz e realizada! yehei!

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Richie Campbell - Everytime I Cry (Official Video)

Testes curta metragem

Grande erro... xD Era suposto dizer "ainda não namorava...", mas com a pressa, de querer fazer a fala zangada, confundi as letras todas... e saiu-me algo do género... ainda num num....

Novidades!

HAY YOU ALL
Ora bem,
- amanhã deve sair o vídeo promocional de um curso da minha escola, em que participei! YEHEI
(Ainda não o vi, mas um amigo meu já me deu críticas positivas!)
- já tenho mais vídeos dos testes para a curta-metragem em que estou a participar, e vou carregar aqui alguns, de rir! ahah

terça-feira, 8 de maio de 2012

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Joana Silva


Meninos e meninas, a Joana é nova no blog! Visitem! :) 

MAKE UP



Marylin Monroe

Não é segredo nenhum que eu tomo a M. como um dos meus maiores ídolos.
Talvez seja por isso que estou tão empolgada por ter de fazer um trabalho sobre ela, para inglês!


quarta-feira, 2 de maio de 2012

Serva da noite

Estou perdida nos meus pensamentos, afogada pelas minhas mágoas, nos mares da minha tristeza. Sou uma serva da noite. Vivo dentro da minha cabeça, ignorando o mundo real. Estou tão empenhada em reviver as minhas memórias que deixei de conseguir distinguir o presente do passado. Mas não me importo.
Lembro-me de quem eu fui. Uma autêntica rainha do mal. Sentava-me ao lado direito do senhor dos mortos, e com ele dividia o leito negro. Ele apoderava-se do meu corpo, de forma intensa e apaixonada. E, no entanto, os meus olhos pareciam ainda mais mortos que os dele... O seu corpo nu, encostado ao meu, apenas me fazia sentir mais vazia, ainda que os seus braços me envolvessem por inteiro. Mas estava tudo bem, porque somente a ele eu pertencia. 
Tenho um vazio do tamanho do mundo na minha alma, talvez o medo do futuro, talvez a ânsia pelo que há de vir amanhã. Mas é difícil lutar contra ele, sem cair nesse buraco negro, que se alimenta das minhas alegrias e aspirações. E, contudo, não deixo cair uma lágrima. Sou forte e nunca ninguém me verá a chorar.
O senhor dos mortos, meu eterno amante, deixou-me sozinha. Afastou-se de mim, com passos lentos, sem olhar para trás. Nem o guardião do reino da noite conseguiu conviver comigo por muito tempo. Eu apodero-me da tristeza das pessoas, e guardo-a toda para mim e, por isso, tornei-me insuportável.
Eu compreendo-o. Vejo tudo o que existe, e o que não existe. Morro de terror da noite que está a chegar, e mesmo assim espero-a, ansiosamente, para que possa cumprir a missão para a qual fui destacada.
Sou eu, serva da noite.

Tango - Roxanne

YEAH

"Olha-me esta besta com abdominais!"

terça-feira, 1 de maio de 2012

Um novo amanhecer para mim

Amei sim. De verdade. De forma intensa e nada saudável. E caí. Caí bem forte e bati no fundo do poço. Mas agora estou, lentamente, a levantar-me. Não preciso de ti para ser feliz. Não preciso de rigorosamente ninguém para ser feliz. Apenas depende de mim!
Vou aproveitar tudo o que a vida tem para me dar e, quando deres conta do que perdeste, eu juro, será tarde de mais! Estou a abrir um trilho para longe de ti, e não conto voltar, nem sequer olhar para trás. Para trás deixo os meus fantasmas, os meus erros. Para trás fica o passado. Para trás ficas tu!
Por isso que chova sempre, para que venha o arco-íris. Que anoiteça sempre, para que as manhãs sejam límpidas e claras. E que eu caia quando for preciso, porque quando me levantar, levanto-me outra mulher.

Natalie Merchant - My Skin (with lyrics)

Special

Special night, special kiss, special love.